sábado, 11 de fevereiro de 2012

Só no Brasil - as várias taxas do dólar

Quem sugeriu esse post foi o meu pai!

Estamos transferindo umas economias do Brasil pra cá aproveitando que o dólar deu uma baixada esses dias.  Quando temos $ pra transferir, utilizamos o Global View do HSBC, que faz online e pelo dólar comercial.  O problema é que o HSBC tem um limite mensal e queríamos passar um valor a mais - aí começa a saga!

- Opção 1 - fazer o câmbio pelo HSBC.  Nós deixamos procurações com nossos parentes no Brasil para transações bancárias incluindo câmbio.  Problema - os bancos pedem procurações atualizadas (menos de 3 meses).  Ou seja, minha mãe, que mora em Santos, teria que pegar uma via atualizada da minha procuração que fiz em São Paulo.  Aí essa procuração é enviada para o banco, que analisa em 5 dias (parece) e depois autoriza.  Numa dessas, a taxa do dólar sobe.

- Opção 2 - eu passo o $ pra conta dos meus pais e eles fazem o câmbio pra mim.  Felizmente não existe mais a CPMF pra complicar ainda mais as coisas.

Decisão óbvia - opção 2!  Meus pais também têm conta no HSBC e minha mãe agora se aposentou então está com tempo pra correr atrás de burocracias pra mim.  Transferi o $$ pra conta deles pela internet e lá foi minha mãe pro banco.  Chegando lá, surpresa!  A taxa do dólar para transferências assim seria de $1,81 ao invés do $1,72 da taxa do comercial!  A gerente avisa que é pelo dólar turismo, e não comercial.

Como assim???  Transferindo pela internet é pelo dólar comercial, comprando pelo cartão de crédito é pelo dólar comercial e essa transferência é pelo turismo?  Descobri que isso não é decisão do banco, mas parece que do Banco Central.  Só no Brasil...

Aí tive um "a-ha moment" - e se eu sacar o dinheiro com o meu cartão de débito do Brasil?  Eu detesto gastar meu suado dinheirinho à toa (acho que todo mundo, né?).  Aí aparece a opção-tabajara 3:

- Opção-tabajara 3 - sacar 500 dólares por dia com o cartão de débito do Brasil e depositar na conta do Canadá.  Me lembrei que o HSBC não cobra taxa de saque do cartão de débito pra cliente Premier que sacar nos caixas nas agências HSBC.  Pedi pra minha mãe perguntar pra gerente dela qual taxa do dólar eles usavam pra isso e, surpresa, dólar comercial!

Decisão tabajara - opção 3!  Pode-se sacar 500 dólares por dia por cartão de débito (ou seja, por titular) sem tarifa.  Como eu trabalho perto de um HSBC, lá vou eu diariamente no caixa eletrônico sacar o dinheiro e depois depositar na conta!  O bom é que o limite vale também aos finais de semana.

A única surpresa não tão boa é que na hora que eu fiz as contas de quanto foi a taxa real do dólar tanto pelo Global View quanto pelo cartão de débito nenhuma delas era o do comercial exato e pelo cartão de débito foi um pouco a mais - mas mesmo assim, muito menos que o dólar turismo, que era a outra opção.

Mais uma vantagem do HSBC para contornar as regras brasileiras de emissão de dinheiro para o exterior - o Global View pra ir trazendo aos poucos e o cartão de débito para emergências-tabajara!

Nota: em cima de todos esses valores, ainda há o IOF de 0,38%!

18 comentários:

  1. Esse HSBC me irrita de vez em quando Lu...

    Como eu trabalhava com câmbio no Brasil, tinha que ficar brigando pela melhor taxa para os meus clientes, e agora aqui pra mim, só pego taxa ruim!

    Fico revoltada quando transfiro pelo Global View e eles passam aquela taxa indicativa linda de 1,72 dai quando o dinheiro chega aqui e taxa real foi de 1,76!

    Mas gostei da sua solução tabajara!!! Vou considerar quando precisar! :D

    ResponderExcluir
  2. Nao estaria incluído nesta diferença, o maldito iof de 0,38% ? Sei que ele incide nas trocas real-dólar .
    Já nas compras com o cartão de credito o safado pula pra imorais 6,38%.
    Ok no CPMF mas IOF tem!
    O lance,acho,é que o BC Brasil faz essas coisas pro dólar nao valorizar demais. Enfim valeu a dica tabajara
    Bjs
    Joice

    ResponderExcluir
  3. Joice,

    O IOF é à parte. Vem cobrado separado no extrato do banco.

    Sim, agora com o CC ainda tem o IOF de 6.38% da Dilma. Felizmente quando mudamos pra cá ainda não tinha isso e nos primeiros meses pudemos usar os cartões do Brasil.

    ResponderExcluir
  4. interessante o post. brasileiro sempre dando um jeitinho... =)

    abraços e boa semana !
    Catherine
    http://meetyoutherecanada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu, consultei o setor internacional do HSBC para questionar sobre a taxa aplicada ao global view (afinal estou perto do landing e transferindo até o limite), e eles me disseram que é o dolar o flutuante, que é uma taxa intermediaria entre o comercial e o turismo. A dica tabajara foi otima! Vou sacar no aeroporto ao invés de levar algum CAD em espécie. Bjos

    ResponderExcluir
  6. Oi, incluí seu blog no Mundo Pequeno (índice de blogs de brasileiros que moram no exterior). http://www.mundopequeno.com/
    Também estamos no Facebook e no Twitter. Divulgamos diariamente um blog:
    https://www.facebook.com/#!/mundopequeno
    @mundo_pequeno
    http://twitter.com/#!/mundo_pequeno
    Se puder, ajude-nos a divulgar o Mundo Pequeno colocando um selo no teu blog!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu,
    Muito boa a sua opcao tabajara. Nos tb temos o HSBC e soh tenho usado o Global View, na verdade eu nao sabia que tinhamos a opcao de sacar com o cartao de debito do brasil aqui. Entao pelo que entendi, alem do limite mensal do HSBC, podemos sacar $500 dolares canadenses /dia, certo? na pratica, fazendo as contas 500 x30 = 15000 dolares + o limite. :) Obrigada pela noticia, foi bom saber.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caroline, é isso mesmo. E se a sua conta for conjunta, dá 1,000 por dia (500 por cartão).

      Pareço uma doida - saco 500 com um cartão, saco 500 com o outro, ponho tudo no envelope e deposito o dinheiro de volta na máquina com o cartão daqui!

      Excluir
  8. Oi Lu

    minha esposa esta nos EUA, precisa $$. Agente faz essas transações via GLOBAL VIEW..mas realmente é um saco essa taxa deles.
    Pergunta: Este saque de 500 pode ser feito nos EUA ?
    Se este saque puder ser feito nos EUA, será que pode ser feito por banco 24HS ? Pois onde ela está nao tem agencia nem ATM do HSBC... apesar de tudo isso, tenho que dar o braço a torcer ao HSBC pois é o unico que parece ter esta facilidade, nao ?
    obrigado pelo POST

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Robson, que eu saiba vc pode sacar com o cartão de débito em qualquer caixa eletrônico. A vantagem de ser do HSBC é que não paga taxa. Não me lembro qto era a taxa do HSBC, mas uma vez perguntei no Itaú e era 8 reais por saque. Numa emergência, vale à pena.

      Se você tiver conta em outros bancos vale verificar!

      Abs,

      Excluir
    2. Ah, a taxa de câmbio do saque em ATM chega a ser pior que a do Global View.

      Excluir
  9. Opa...
    Vc verificou que a taxa agora não é mais do comercial e sim do dolar Turismo? Aí fodeu

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Ainda continua fazendo transferências para o exterior?
    Estou fazendo mestrado na Alemanha e sou cliente Premier do HSBC. Até então eu fazia saques com o cartão de débito. Mas agora com o aumento do IOF para 6,38% o valor total chega a 11%. É demasiadamente alto.

    Qual está sendo sua estratégia?

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho feito mais, sorry. Só faço transferência pelo Global View, o IOF é bem mais baixo.

      Excluir
  11. Lu, deixei um comentário num outro post sobre o HSBC, mas não sei se entrou. Uma pergunta quanto ao seu comentário: será que o Global View ficará fora dessa alteração do IOF?
    Estou de mudança p/ o Uk e buscando alternativas.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei qual alteração de IOF você está falando. O Global View conta como operação de câmbio, normalmente é o menor IOF (bem menor que o de cartão de crédito, por exemplo). Recomendo falar com o seu gerente.

      Excluir

  12. A alteração a que me refiro é o aumento do IOF para 6,38% para o uso no débito (não mais só crédito) - o presente de ano novo do nosso querido governo :O).
    Minha dúvida é se o IOF do Global View não vai também seguir esse aumento, mas como se trata de operação de câmbio, deve ser e continuar diferente mesmo.
    Obrigada pela recomendação! Tenho conta no Itaú há 11 anos, fui abrir a Premier com vistas a facilidade de transferência, mas além de ter ficado bem decepcionada com o serviço, enquanto aguardava a finalização da abertura da conta, precisei dispor de uma parte da minha poupança e não terei a quantia necessária para qualificar para o Premier. Poderia até emprestar para completar, mas fiquei na dúvida se valeria a pena a dor de cabeça na atual conjuntura… ainda se fosse fazer uma enorme diferença, mas parece que não, vou ler mais e pensar mais um pouco. Obrigada também por todos os seus posts sobre esse assunto, food for thought com certeza!
    Parabéns Lu, seu blog é sensacional! Você escreve muito bem! Felicidades!

    ResponderExcluir
  13. Amigo, parabéns pelo post!c agiu mto bem, pois é sempre bom realizar várias transferências ao invés de uma grande pra mitigar o risco de oscilações cambiais de um dia pro outro! A opção Tabajara 3 foi mto estratégica!! Abrs

    ResponderExcluir