quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Comprando bebida alcoólica em Ontario


No Canadá, cada província tem uma regra com relação à compra de bebidas alcoólicas.  Se em Alberta dá pra comprar vinho no Costco, em Ontário você está limitado às lojas do governo e algumas (poucas) outras lojas gerenciadas pelas maiores vinícolas.

Tudo isso começou na época da lei seca e a LCBO (Liquor Control Board of Ontario) foi criada em 1927.  Mais ou menos na mesma época, o governo criou um sistema para distribuição e venda de cerveja, que hoje é a Beer Store, cujo controle está nas mãos das maiores cervejarias do Canadá (AB Inbev e Molson).  O negócio de bebidas alcoólicas em Ontario movimenta $8 bilhões de dólares por ano e desses, $1.5 bilhões vão para programas pagos pela província como saúde e educação.  Existe uma campanha para acabar com o monopólio da LCBO principalmente para que produtores menores consigam vender seus produtos, mas esse é um assunto polêmico e já estamos há 85 anos com a lei, sabe-se lá quanto tempo vai demorar pra mudar.  Quem tiver interesse, há um relatório bem interessante no site do governo http://www.fin.gov.on.ca/en/consultations/basr/report.html

Eu particularmente gosto da LCBO e da Beer Store.  Como tudo nessa vida, o ser humano acostuma.  No começo era meio estranho ter que programar minha compra de bebidas e ter sempre um estoque em casa (foi convidado pra casa de alguém de última hora num feriado?  Impossível achar uma loja de bebidas aberta!), e eu gosto do fato de o preço ser tabelado, então não é preciso ficar fazendo pesquisa como fazia no Brasil.  Apesar dos impostos do Canadá, vinho por aqui ainda é mais barato do que no Brasil, mesmo vinhos argentinos, que deveriam ser beneficiados pelo Mercosul.  Cerveja em geral já é bem mais caro que no Brasil, até porque aqui há um preço mínimo que pode ser cobrado pela cerveja (e, convenhamos, acho que as próprias cervejarias não se interessam em baixar o preço, já que eles são donos do monopólio).  Outras bebidas (hard liquor) são bem caras aqui se comparado com preço nos EUA e no free-shop.  Tanto que quanto você faz uma festa em casa, é super comum o BYOB - bring your own booze, ou traga sua própria bebida.  Simplesmente é impossível sustentar bêbado por essas bandas, então o dono da festa normalmente tem um pequeno estoque e os mais bebums têm que trazer o que quiserem "entornar" a mais.

A LCBO tem mais de 600 lojas em Ontario.  Eu ADORO comprar vinho com carrinho de supermercado – pois é isso que essas lojas são, supermercado de vinho, loja de brinquedos para adultos!  A loja mais bacana da LCBO em Toronto é a loja Summerhill, que fica dentro de uma antiga estação de trens!  A loja é linda, tem muita variedade e também um tasting bar, onde você pode provar alguns vinhos antes de comprar.  Eles têm espaço para eventos mas eu infelizmente nunca fui a um!  A LCBO tem uma app bárbara pra iPhone, onde você consulta o nome do produto e já vê em qual loja tem estoque.  Ele também mostra rapidamente o horário de funcionamento das lojas e qual a loja mais perto da sua localização – importante se você está em uma parte da cidade que não conhece.  Além de vinho, a LCBO também vende cerveja e todos os outros tipos de bebida.  Agora no final do ano, aparecem todos os “kit-presente”, que são uma graça!

Fachada LCBO Summerhill

Hall principal - LCBO Summerhill

LCBO  Summerhill

A BeerStore é mais feiona e tem “cheiro de bêbado”.  Isso porque as BeerStore operam o programa de reciclagem, então todas as lojas recebem garrafas de vinho e cerveja usadas – e por isso fica aquele cheirinho de cerveja derramada.  As BeerStore não são muito agradáveis de se comprar – em muitas delas não há produtos em display, apenas uma parede (foto abaixo) com uma lista dos produtos e preços, você tem que decidir rápido pra não segurar a fila atrás de você.  O programa de reciclagem é outra coisa que você se acostuma por aqui – paga-se 10 centavos por garrafa/lata de cerveja e 20 centavos por garrafa de vinho e outras bebidas de depósito que é devolvido se você devolver a garrafa.  A gente nem devolve tanto pelo dinheiro, mais pela consciência ecológica mesmo.  O programa de reciclagem da Beer Store é um dos melhores do mundo, então precisamos fazer a nossa parte.  Em casa temos o nosso Bottle Bin pra organizar as garrafas





A outra opção para comprar vinho é em lojas das próprias vinícolas de Ontário.  A maior rede é a Wine Rack, que é da Vincor, dona de várias vinícolas por aqui.  O bom da Wine Rack é que os horários são mais flexíveis que da LCBO (várias lojas ficam abertas até 11 da noite – já precisei em emergências!), o ruim é que só vende vinhos de Ontário.  Muitos vinhos produzidos aqui são bons, mas no geral o custo x benefício não vale comparado a vinhos argentinos, por exemplo.



Quem vai visitar vinícolas em Niagara-on-the-Lake e outras regiões também pode comprar nas lojinhas – muitas vezes os vinhos vendidos lá não estão disponíveis na LCBO.  Quando fomos na Jackson-Triggs pegamos uma promoção excelente de icewine, a $25 por garrafa.  Um dado de 2004 diz que Ontário tem 120 vinícolas!

Quando viajamos sempre trazemos bebida de volta.  Aqui não é aquela alegria do Brasil com freeshop na volta (inclusive, no aeroporto de Toronto não há freeshop na volta) – o limite é 1.5 litros de vinho OU 1 litro de hard liquor OU 24 garrafas de cerveja – e tudo isso se você tiver ficado no mínimo 24 horas fora do país.  Quando fomos pra Cuba trouxemos 1 garrafa de rum cada e nas viagens pra Argentina e Alemanha também trouxemos vinho.  Tive que pesquisar muito pra saber, afinal, qual era o imposto cobrado se eu trouxesse mais do que minhas 2 garrafas, e descobri que para vinho é 40% (para hard liquor é muito mais, não vale à pena passar da quota).  Das duas vezes que trouxe a mais declarei e das duas vezes os oficiais me deixaram passar sem pagar imposto, acho que ficaram com preguiça, ufa!

Ah, tanto a LCBO, quanto a Wine Rack quanto a Beer Store têm bebida gelada!

4 comentários:

  1. Bom saber que tem uma pingunça aí no lado leste! Kkk

    A pingunça aqui do lado oeste se deu bem....tem uma mega-gigante-ótima liquor store na diagonal do novo prédio!!!! Kkk

    E o melhor de tudo: aberta aos sábados E domingos!!!! Kkk

    Beeeeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui abre domingo também, mas só até 18hs!

      Excluir
  2. Adorei conhecer ambas.A Beer Store q fui tinha uma sala enorme (tipo uma geladeirona) com inumeras cervejas em prateleiras.

    ResponderExcluir
  3. Super completo seu post, gostei! Mas que imposto caro para quem passar da conta, hein? Eu não lembro qual é o limite brasileiro, mas quando fui à França ano passado eu trouxe na mala umas 5 ou 6 garrafas de vinho e nem me perguntaram nada... Se fosse no Canadá eu teria pago uma multa "bonita"! Ou não, caso o pessoal estivesse com preguiça, como no seu caso... Hehehe...

    Abraços,
    Lidia.

    ResponderExcluir